#RESENHA: Saga Encantada

3

Hello, Lady and Gentleman.

Prazer estar aqui, nós três. Eu, você e eu.

Como minha primeira resenha postada no blog, gostaria de ressaltar três coisas:

  1. não sei escrever resenha
  2. – escrevo/falo muito
  3. – não dou spoiler NUNCA.
O que pode parecer spoiler, nada mais é o que vem na contracapa e na orelha do livro. Acho péssimo isso, da resenha chegar contando as idiossincrasias da história. Vontade de dizer “Oh! Que isso, mano?“. Essa sou eu, estressada. Então não confunda comentário com spoiler, por favor, visto que caímos no segundo esclarecimento: por falar demais, darei uma pequena sensação de que vou contar algo que “não devo”. Porém é apenas meu jeitinho crazy de ser. O que nos leva ao resultado final: não sei escrever resenhas. Contudo, sempre contará com uma opinião sincera, prolixa e extremamente pessoal.
Dadas as devidas explicações, sem mais delongas: abrimos os trabalhos.
Saga Encantada.
 
SAMSUNG CAMERA PICTURES
Por Sarah Pinborough.
Criatividade.
Essa é a palavra que define essa saga.
Onde pode aparecer uma suposta inconsistência, a autora – com total domínio da história – preenche cada mínima lacuna com uma generosa camada de criatividade heróica.
Fui transportada para um mundo que eu acreditava conhecer bem. Ledo engano.
Sarah pega as rédeas dos contos infantis e puxa pra si com tamanha força, que confunde, implica e – quase – ressente o imaginário geral da primeira infância.
A coletânea consiste em três livros – Veneno, Feitiço e Poder – distintos, porém que se encaixam perfeitamente. Narrando de diferentes prismas contos os de fadas. Contando a “história real” de cada uma delas, entende?
SAMSUNG CAMERA PICTURES
Veneno
O primeiro livro – Veneno – é a narrativa da mais querida. Branca de Neve.
Trama muito bem feita.
Personagens com características muito pontuais. Impressionante viagem.
Talvez por ser a primeira, foi a adaptação que mais me impressionou. Não só pela escrita, mas sim pelo caminho que tudo leva. Vertiginoso.
SAMSUNG CAMERA PICTURES
Feitiço
Se Veneno mais me impressionou, devo admitir que Feitiço despertou mais minha curiosidade, enquanto leitora e pseudo-escritora. Arrebatada totalmente pelo enredo.
Cinderela é a estrela da vez. Coragem, determinação e uma carga grande de sensualidade. A tal gata borralheira, dos pés pequeninos veio como uma força da natureza para as páginas da saga.
Me deixando Ligeiramente sobressaltada e corada com breves passagens, a irmã preterida abriu caminho à força, por meio de “sangue nos olhos e coração acelerado”.
SAMSUNG CAMERA PICTURES
Poder
Curiosa com Feitiço, impressionada por Veneno. Contudo, o que dizer sobre Poder?
Apenas digo que posso rimar com Soda.
Estou ainda arrebatada por Bela Adormecida. Meu estômago precisou ser regado várias vezes, tamanho vácuo que sentia ao virar cada página.
– Sim, isso foi um elogio. Sinto fome, quando estou apaixonada, porém isso é outro “causo”.
Tantas características complexas, trabalhadas de uma forma ligeira, compromissada e sobretudo, magnânima.
De longe, meu preferido. Por isso, não falarei muito dele. Para não macular, com minhas sandices, algo tão bem feito.
Pinborough é, segundo dizem, uma exímia escritora de contos de horror. E demonstrou que sabe levar, como poucos, o leitor ao delírio. Com o artifício do mistério, a escritora deixa em nossos lábios o grito pronto para sair, o sobressalto a um passo de pular do peito, e nos olhos a vontade de saber onde tudo vai parar.
Fantástico.
Uma curiosidade: embora os livros tenham sido escritos quase simultaneamente –
“Na verdade, enquanto fazia a edição de um – livro – eu já pesquisava para o outro. (…) a edição foi contínua, pois eles foram lançados com apenas três meses um do outro.” – Sarah.
O “Veneno” não é, em ideologia, o primeiro livro.
“Veneno é a história do meio. A história de Feitiço nos leva à história de Veneno, que por sua vez, nos transporta até o livro Poder. (…) Eu planejei de tal modo que onde quer que o leitor começasse, seria possível estabelecer diferentes níveis de simpatia pelo personagem – você teria mais simpatia por determinado personagem se começasse pelo livro dois, mas isso não afetaria sua leitura nos outros livros (…)” a autora.
Engenhosa, não?
Recomendo.
Aventure-se com páginas encantadas – e lindas, devo dizer. Uma vez que a arte e a editora fizeram um excelente serviço – dessa saga eletrizante, sensual e fabulosa.
Anúncios

4 comentários

  1. eienn · janeiro 8, 2015

    muio massa adorei.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Etienne · janeiro 15, 2015

    Continue assim

    Curtido por 1 pessoa

  3. Erica · janeiro 15, 2015

    Fiquei muito interessada na saga!
    Pretendo ler em breve.
    Creio que me causara grandes surpresas.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Janete · janeiro 15, 2015

    Realmente.
    Ficou muito boa essa descrição

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s